PROFESSOR PESQUISADOR

As instituições de ensino superior e de nível técnico estão repletas de Consultores (ativos e potenciais) e Pesquisadores em Laboratórios de Ensino e Pesquisa (geralmente, trabalhando oportunidades e desenvolvimentos ao acaso). Em ambas as situações, mesmo longe de uma condição de trabalho favorável, Consultores e Laboratórios são vitrines e normalmente se destacam e são referenciados.  Mesmo nestes casos, o dia a dia dos profissionais tem incertezas muito desfavoráveis. Imagine então, se vitrines e potenciais vitrines tiverem ao alcance um método e as ferramentas certas, para uma rotina com muita qualidade? A Associação Nacional Hestia de Ciência, Tecnologia e Inovação se preocupou com isso e desenvolveu a solução.

No centro dessas estruturas institucionais e dessas vitrines está o Professor, seus alunos e uma forma ultrapassada de fazer Ensino. O quê, você que é professor, acharia se tivesse  a chance de ensinar de forma que cada aluno seu se tornasse uma fonte de alegrias e conquistas da sua forma de ensinar, e se, Professor, aluno e instituição tivessem ainda propriedades intelectuais e possibilidade de receber reconhecimento pela inovação?

O cofundador da Hestia, o Prof. Dr. Etney Neves, observou e estudou exaustivamente o Ensino e colocou como ponto central de sua proposta pedagógica “que todo ser humano é uma preciosidade única, não comparável a outro, e genial se estiver motivado”, e “que a apatia não tem fonte em si mesma”, propondo assim, o Método Hestia Geral e o Método Hestia Aplicado ao Ensino. As suas anotações começaram em 1989 e incluíram vivencias no Ensino fundamental, médio e nos superiores técnico e universitário (sim, ambos superiores e horizontais). Foi observando, perguntando a si mesmo, testando e aprimorando em suas disciplinas que se chegou ao que é hoje o Método Hestia.

A Associação Nacional Hestia congrega em comunidade os Professores Pesquisadores, naturalmente comprometidos por um código de ética a favor da ciência e de uma sociedade melhor. Por esta entrega valorosa, individual e intransferível, a Associação Nacional Hestia organizou e passou a promover sistemicamente a integração e valorização desses profissionais por meio das seguintes ações:

I – Certificação da atividade de Cientista ou Pesquisador;

II – Um conjunto de ferramentas úteis, que modificam a dinâmica das disciplinas, e a forma de trabalhar e fixar o conteúdo proposta nas ementas;

III – A Revista Citino, que se destaca como uma ferramenta central, para o sucesso do Método Hestia Aplicado ao Ensino.